Home Desenvolvimento Pessoal Já aprendeste a dizer que não?

Já aprendeste a dizer que não?

by Jaqueline
0 comment

Esta semana, confrontei-me com uma situação que, suspeito, seja familiar para muitos de nós. Uma amiga pediu-me para organizar um jantar de grupo através de um grupo do WhatsApp. À primeira vista, um pedido simples e até agradável, não fosse o facto de ter uma lista de tarefas pendentes, transformando o que seria um ato de convívio numa fonte adicional de stress. A verdade é que não tinha disponibilidade para organizar mais um evento. O que não esperava era a reação dela: ficou visivelmente chateada, argumentando que o jantar era importante para os seus negócios.

Mas, por que razão fiquei eu também chateada? Por que motivo a sensação de mal-estar instalou-se, fazendo-me questionar a minha decisão?

A dificuldade em dizer “não” é um reflexo da nossa natureza empática, do desejo de ajudar e de não desiludir os outros. Contudo, este episódio fez-me refletir sobre a importância de estabelecer limites saudáveis. Afinal, se continuamente colocarmos as necessidades alheias à frente das nossas, corremos o risco de negligenciar as nossas próprias prioridades e bem-estar.

A Importância de Estabelecer Limites

Dizer “não” é essencial para a nossa saúde mental e física. Permite-nos gerir melhor o nosso tempo, dedicando-nos às atividades que verdadeiramente importam e que contribuem para o nosso crescimento pessoal e profissional. Além disso, estabelecer limites é um sinal de autorespeito e de reconhecimento do nosso valor.

O Peso da Culpa

Mas, então, por que nos sentimos culpados ao dizer “não”? A culpa, muitas vezes, deriva do medo de sermos percecionados como egoístas, de prejudicar relações ou de perder oportunidades. É um sentimento que nos é incutido desde cedo, na tentativa de nos moldar a ser sempre solícitos e disponíveis.

Aprendendo a Dizer “Não”

Aprender a dizer “não” é um processo. Começa com o reconhecimento de que as nossas necessidades são tão válidas quanto as dos outros. Requer prática, reflexão e, por vezes, a aceitação de que não podemos agradar a todos. O importante é comunicar a nossa decisão de forma assertiva e respeitosa, explicando as nossas razões sem sentir a necessidade de nos justificar excessivamente.

E tú já disseste que não hoje?

You may also like

Leave a Comment

@2024 All Right Reserved Jaqueline Silva